Connect with us

NOTICIAS

Apostasia: compositor de músicas da Hillsong anuncia que perdeu a fé

Published

on

Apostasia: compositor de músicas da Hillsong anuncia que perdeu a fé

PROPAGANDA

Marty Sampson, um compositor visto como um dos principais autores de canções de adoração, conhecido por seu trabalho com bandas como Hillsong Worship, Hillsong United, Delirious? e Young & Free, revelou que está perdendo sua fé e que vê o cristianismo como “apenas outra religião”.

PROPAGANDA

“Hora de uma conversa real”, escreveu o compositor australiano em uma publicação que posteriormente foi excluída do Instagram. “Estou genuinamente perdendo minha fé e isso não me incomoda. Tipo, o que me incomoda agora não é nada. Estou tão feliz agora, tão em paz com o mundo. É loucura”, afirmou.

“Este é um momento delicado, então aqui vou eu… Quantos pregadores caem? Muitos”, disse, introduzindo um raciocínio. “Ninguém fala sobre isso. Quantos milagres acontecem. Não muitos. Ninguém fala sobre isso. Por que a Bíblia é cheia de contradições? Ninguém fala sobre isso. Como Deus pode ser amor ainda enviar quatro bilhões de pessoas para um lugar, tudo porque eles não creem? Ninguém fala sobre isso. Os cristãos podem ser as pessoas mais preconceituosas do planeta – eles também podem ser algumas das pessoas mais bonitas e amorosas. Mas [ser cristão] não é para mim”, afirmou.

O compositor da canção All I Need is You (lançada pelo Hillsong United no álbum “Look to You”, em 2005) disse que ele “não está mais” na atmosfera cristã e deseja “verdade genuína”.

“Não o tipo de verdade ‘eu apenas acredito’. A ciência continua perfurando a verdade de todas as religiões. Muitas coisas ajudam as pessoas a mudar suas vidas, não apenas uma versão de Deus. Tenho muito mais a dizer, mas para mim, eu a mantenho real. Deixe de me seguir se você quiser, eu nunca pensei em viver minha vida para os outros”, disparou.

O cristianismo “parece-me outra religião neste momento”, disse Sampson. “Eu poderia continuar, mas não vou. Amar e perdoar absolutamente. Seja gentil, absolutamente. Seja generoso e faça o bem aos outros absolutamente. Algumas coisas são boas, não importa em que você acredite. Deixe a chuva cair, o sol nascerá amanhã”, acrescentou.

De acordo com informações do portal The Christian Post, o anúncio de Sampson foi acompanhado de uma foto de uma pintura em que Sansão derruba os pilares do templo, conforme descrito no Antigo Testamento da Bíblia, provocou uma enxurrada de respostas nas mídias sociais.

O autor cristão popular Drew Dyck disse que estava “entristecido” ao saber do abandono do cristianismo pelo compositor.

John Mason, fundador do primeiro movimento God First, Life Second (amplamente conhecido entre cristãos dos países de língua inglesa) disse que o afastamento de Sampson demonstra que “nossas mentes estão diretamente relacionadas à nossa posição espiritual”.

“Quando a teologia bíblica sadia é negligenciada por uma substituição cultural, espiritualizada e americana, a exposição a essa teologia naturalmente afastará uma mente, coração e alma que nunca se submeteu a essa verdade eterna. Em outras palavras, a queda é a resposta certa”, avaliou Mason.

“A boa notícia é que, pela graça de Deus, ele e outros ainda têm a oportunidade de crer em Cristo através da verdade do Evangelho, serem disciplinados e confiarem plenamente na Palavra de Deus com a ajuda do Espírito. Devemos orar para que alguém fale com eles e mostre a verdade”, acrescentou.

O apologista do criacionismo Ken Ham, fundador da entidade Answers in Genesis, declarou que a rejeição de Marty Sampson às suas crenças anteriores reforça  a necessidade de os pais instruírem seus filhos em verdades doutrinárias desde cedo: “Essa triste situação sobre essa pessoa é um lembrete de que a Igreja e os pais precisam ensinar apologética para combater os ataques contemporâneos à Palavra de Deus”, escreveu no Twitter.

A publicação de apostasia de Marty Sampson acontece apenas algumas semanas depois de o famoso escritor cristão Joshua Harris anunciar que ele não se considera mais um cristão e abandonar o ministério pastoral.

“Eu passei por uma grande mudança em relação à minha fé em Jesus. A frase popular para isso é ‘desconstrução’, a frase bíblica é ‘cair’”, disse Harris, autor do livro Eu Disse Adeus ao Namoro, logo após anunciar seu divórcio.

“Por todas as referências que tenho para definir um cristão, eu não sou cristão”, enfatizou, na ocasião. Depois do anúncio, no final de julho, Harris já compartilhou nas redes sociais sua participação em uma Parada Gay nos Estados Unidos.

O anúncio do ex-pastor provocou um debate dentro da comunidade cristã evangélica sobre a doutrina da salvação, com alguns teólogos alinhados com a visão calvinista do Evangelho argumentando que ele nunca foi verdadeiramente um cristão: “Pode até haver alguns que pecam ao repudiar o cristianismo, mas se algum dia eles forem genuinamente cristãos, eles retornarão por arrependimento em algum momento, e isso é uma promessa do Evangelho”, disse o presidente do seminário Southern Baptist Theological, Albert Mohler Jr.

“Se as pessoas continuam em seu repúdio ao cristianismo, então temos que lembrar o texto I João 2:19, onde nos é dito que ‘eles saíram de nós, porque não eram de nós’, o que significa que nunca foram verdadeiramente cristãos, eram crentes fingidos”.

PROPAGANDAPROPAGANDA

Captura de tela da publicação do compositor Marty Sampson no Instagram; Ele deletou o post após a intensa repercussão

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: