Connect with us

POLÊMICA

Cidade impõe multa de R$ 1.700 a quem usar o nome de Deus em vão

Published

on

Cidade impõe multa de R$ 1.700 a quem usar o nome de Deus em vão

PROPAGANDA

Uma cidade no norte da Itália decidiu agir contra as blasfêmias e introduziu uma multa para as pessoas que usarem o nome de Deus em vão. E o valor é salgado.

PROPAGANDA

A cidade de Saonara, localizada próximo a Pádua, introduziu uma lei que declara ilegal “blasfemar contra qualquer religião ou crença” e pronunciar linguagem rude em público. A cidade tem uma população de 10 mil habitantes e qualquer um que violar a nova lei poderá receber uma multa de até € 400 (aproximadamente R$ 1689,90 na cotação desta terça-feira, 30 de julho).

O prefeito da cidade, Walter Stefan, disse em entrevista ao portal Daily Telegraph que a iniciativa foi projetada para se livrar do comportamento não civilizado: “Com esta lei, você não pode ofender nenhuma religião, devemos respeitar os fiéis”.

O prefeito, que é um católico praticante, disse que ele foi criado para proteger todas as religiões, não apenas o cristianismo. A Itália é um país com 80% de sua população fiel à Igreja Católica, que é sediada no Vaticano, um território cercado por todos os lados pela capital italiana, Roma.

A proibição da blasfêmia contra Deus é parte de uma poderosa iniciativa local que visa combater o comportamento incivilizado. Ele inclui 75 artigos com penalidades pesadas para aqueles que cortam a grama fora das horas designadas, andam com o cachorro sem coleira ou jogam lixo em locais públicos.

“Tomamos uma série de medidas para conter todas as atividades incivilizadas que tornam a convivência difícil”, explicou Stefan. “Não será mais possível cortar a grama em certos momentos, os cães devem permanecer amarrados e os blasfemos pagarão as consequências”, acrescentou o prefeito.

“Queremos enviar uma mensagem de que o comportamento incorreto não será mais tolerado”, reiterou o prefeito, que é pai de três filhos e não está alinhado com nenhum partido político importante. Ele comanda a prefeitura da cidade desde 2012, tendo sido reeleito em 2017 com 52,2% dos votos.

Stefan disse que em setembro, panfletos em quatro idiomas, incluindo chinês e romeno, seriam enviados aos moradores para informá-los sobre as novas multas para os casos de uso do nome de Deus em vão e demais regras: “Pode haver problemas maiores, mas não podemos considerar a civilidade banal. Queremos criar uma comunidade cortês e um comportamento que evite conflitos”, finalizou.

A blasfêmia foi descriminalizada na Itália em 1999, mas ainda há certas penalidades por crimes contra a “divindade”. Em dezembro do ano passado, um homem foi multado em € 100 por blasfêmia em frente a uma escola em Albisola Superiore, perto de Savona.

PROPAGANDAPROPAGANDA

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: