fbpx
Connect with us

NOTICIAS

Esposa de Rick Warren revela abuso sexual na igreja durante a infância

Published

on

Esposa de Rick Warren revela abuso sexual na igreja durante a infância

Rick Warren e sua esposa Kay. (Foto: Reprodução/Saddleback)

Kay Warren, esposa do pastor de Saddleback, Rick Warren, falou sobre sua jornada para a recuperação de um abuso sexual que sofreu na infância, dizendo que a cada dia a aproxima da “cura completa que minha alma deseja”.

Ela disse que sua experiência de ser abusada nos fundos de um auditório da igreja aos seis anos de idade a levou a lutar contra sentimentos de vergonha e ansiedade, além de pornografia na vida adulta.

Kay foi oradora convidada na conferência Caring Well, realizada pela Comissão de Ética e Liberdade Religiosa da Convenção Batista do Sul, para equipar os cristãos no enfrentamento da crise de abuso na Igreja.

Ela disse que, por causa da “família sexualmente reprimida” em que cresceu, na qual falar de sexo era “vergonhoso”, ela se sentia incapaz de compartilhar o que havia acontecido.

“Eu não contei a ninguém. Eu não tinha palavras para isso, não tinha linguagem. De alguma forma eu sabia que era ruim, e eu o apaguei instantaneamente. E, no que me dizia respeito, estava enterrada”, conta.

Os efeitos surgiram à medida que ela ficou mais velha e influenciou como ela percebia seu corpo, sexo e relacionamentos, com atrações sexuais “vergonhosas”, fazendo com que ela se sentisse como duas pessoas diferentes, ela compartilhou.

“Fiquei curiosa, mas minha curiosidade não pôde ser satisfeita conversando com meus pais por causa de suas atitudes muito reprimidas e desconfortáveis”, disse ela.

“Ansiedade e depressão, vergonhosas atrações e ações sexuais me dividiram em uma boa garota do lado de fora e, na minha opinião, uma garota má do lado de dentro”, contou.

Quando conheceu Rick na faculdade, ela diz que não se sentia “digna” de estar com ele e, embora eles se casassem, ela disse que havia uma “corrente de dor” e que foi preciso terapia para ajudá-la a superar os sentimentos de vergonha.

Ela continuou dizendo que sua cura continua até hoje e que “não existe um processo de recuperação único” para os sobreviventes de abuso.

“Gostaria de poder dizer hoje que não há mais efeitos do abuso”, disse ela.

Em uma palavra específica para a igreja, ela desafiou os crentes a aprofundar seu apoio aos sobreviventes de abuso, dizendo que, com muita frequência, os cristãos podem esperar “o grande laço no topo do pacote que diz: ‘Esta é a maneira que costumava seja, mas louve a Deus que não é mais verdade e que não é possível e tudo foi curado e tudo está bem’”

“E às vezes acontece dessa maneira, mas às vezes, não acontece”, disse ela.

Ela acrescentou que a recuperação é algo que está acontecendo todos os dias de sua vida.

“Todo dia está um dia mais próximo da cura total e completa que minha alma anseia, e está chegando, e é minha, e será minha para sempre naquele glorioso dia da ressurreição”, disse Kay.

Fonte: Guia-me com informações de The Christian Today

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: