Connect with us

NOTICIAS

Igreja é vandalizada com símbolos satânicos após fiéis criticarem evento com drag queen

Published

on

Igreja é vandalizada com símbolos satânicos após fiéis criticarem evento com drag queen

PROPAGANDA

O templo de uma igreja na Califórnia (EUA) foi vandalizado depois que seu pastor e membros se opuseram publicamente à apresentação de um espetáculo com uma drag queen em uma biblioteca pública da cidade.

PROPAGANDAPROPAGANDA

O grupo pró-família Mass Resistance documentou as mensagens satânicas pintadas nas paredes da igreja antes dos cultos de domingo no último final de semana. As mensagens incluem uma estrela em um círculo com as palavras “satanás”, “lúcifer”, “rei do inferno” e uma sugestão sexual obscena.

Em agosto, integrantes do grupo pró-família iniciaram uma campanha de conscientização na vizinhança de San Diego, Califórnia, sobre o espetáculo Drag Queen Story Hour (“Hora da História das Drag Queen”, em tradução do inglês).

Em parceria com igrejas, o grupo conseguiu alcançar inúmeras famílias. O pastor Amado Huizar, da Igreja Pentecostal South Bay, na cidade de Chula Vista, foi um dos principais mobilizadores de fiéis na campanha contra o espetáculo LGBT.

“O pastor Huizar estava muito entusiasmado. Ele participou de nossas teleconferências. Ele procurou a imprensa e referenciou o Mass Resistance. Ele levou nossos folhetos – em inglês e espanhol – sobre o evento Drag Queen em sua igreja e incentivou os fiéis a pegá-los e distribuí-los na comunidade. Ele é o tipo de líder da igreja que precisamos em todo lugar!”, declarou o grupo pró-família em um comunicado.

No entanto, segundo informações do portal WND, houve reação da militância LGBT: “Como todos vimos, os ativistas raivosos e descontrolados pró-LGBT acreditam que nenhuma lei ou regra de decoro os impede de assediar, intimidar e destruir qualquer pessoa que discorde de sua agenda. E assim, a igreja logo apareceu na tela do radar”, disse MassResistance.

Antes do ato de vandalismo, houve ataques pessoais, incluindo mensagens agressivas nas redes sociais. Um dos autores das mensagens de ódio foi um vereador da cidade: “Steven Padilla, que é abertamente ‘gay’, escreveu um discurso violento nas mídias sociais dizendo que os cidadãos pró-família de Chula Vista fazem parte de um grupo (ou seja, Mass Resistance) que ‘promove crenças anti-imigrantes e de supremacia branca’. Ele não ofereceu nenhuma prova ou evidência disso e se recusou a responder a perguntas da imprensa sobre o assunto”, apontou a nota da organização conservadora.

Então, no domingo, 8 de setembro, membros da igreja do pastor Huizar que chegaram cedo, foram recebidos por mensagens satânicas pintadas nas quatro paredes externas. “Elas foram rapidamente encobertos, mas claramente pretendia aterrorizar o pastor e os frequentadores da igreja por causa de sua posição contra o evento drag queen“, disse o grupo.

Mass Resistance afirmou que os símbolos satânicos não eram uma surpresa, pois foi encontrada “uma quantidade muito perturbadora de imagens satânicas e representações da igreja de satanás incorporadas ao movimento LGBT”.

Os militantes LGBT responsáveis pelo espetáculo Drag Queen Story Hour ganharam notoriedade recentemente, com eventos em vários estados. No Texas, no entanto, várias drag queens que fizeram apresentações em bibliotecas foram consideradas criminosas sexuais condenadas.

David Lee Richardson, conhecido como “Miss Kitty Litter”, participou do Drag Storytime for Children (“Hora de estórias de drags para crianças”) em uma biblioteca pública em Austin, Texas, no ano passado. Ele foi preso e condenado por oferecer sexo em troca de dinheiro em 1996, descobriram os integrantes do Mass Resistance.

Em 8 de agosto, depois de descobrir inúmeras postagens de Richardson nas redes sociais, aludindo a atos homossexuais e sadomasoquistas, membros da filial do Mass Resistance em Austin testemunharam perante o Conselho da Cidade, juntando-se aos cidadãos locais e exigindo que o evento Drag Queen Story Hour fosse interrompido.

No início deste ano, o Mass Resistance expôs dois outros criminosos sexuais condenados que liam para crianças em uma biblioteca pública de Houston, também no Texas.

Veja uma reportagem da Fox News sobre o caso:

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: