Connect with us

INTERNACIONAL

Local onde a Arca da Aliança foi guardada pode ter sido achado

Published

on

Local onde a Arca da Aliança foi guardada pode ter sido achado

ANÚNCIO

As ruínas de um templo antigo estão sendo analisadas como evidências de um dos locais que guardaram a Arca da Aliança no passado, há aproximadamente 3.100 anos. O sítio arqueológico em questão fica numa colina a 20 quilômetros de Jerusalém.

ANÚNCIO

As evidências de que a Arca da Aliança foi guardada no templo de Bete-Semes, em Israel, são apontadas pela equipe de pesquisadores da Universidade de Tel-Aviv, que trabalha no sítio arqueológico desde 2012 e recentemente descobriu uma mesa de pedra, com formato côncavo.

Os pesquisadores entendem que essa mesa de pedra se encaixa com a descrição do Antigo Testamento para uma edificação que recebeu a Arca. O templo tinha formato quadrado perfeito, com paredes de 8,5 metros de comprimento e os cantos direcionados para os pontos cardeais. No local, duas grandes pedras côncavas com calhas, indicam que o local era usado para sacrifícios, já que também foram encontrados ossos de animais e uma vasta gama de cerâmicas.

“Há muitas evidências de que este era realmente um templo”, afirmou o professor Shlomo Bunimovitz, da Universidade de Tel Aviv. “Quando você olha para a estrutura e seu conteúdo, fica muito claro que esse não é um espaço doméstico padrão, mas algo especial”, acrescentou, de acordo com informações do jornal Jerusalem Post.

ANÚNCIO

O líder da escavação, Zvi Lederman, destaca que a enorme laje de pedra alocada sobre duas rochas menores, exigiu um trabalho mais apurado dos pesquisadores: “No começo, pensávamos que era uma massebah (pilar sagrado) que havia caído. Mas logo percebemos que era para ser uma mesa”.

ANÚNCIO

Os especialistas veem a descoberta como significativa pois traz evidências físicas do período da “grande pedra”, quando a Arca da Aliança teria sido depositada em Bete-Semes após ser devolvida pelos filisteus, segundo relata o livro de Samuel.

“Ora, o povo de Bete-Semes estava colhendo trigo no vale e, quando olharam e viram a arca, alegraram-se muito. A carroça chegou ao campo de Josué, de Bete-Semes, e ali parou ao lado de uma grande rocha. Então cortaram a madeira da carroça e ofereceram as vacas como holocausto ao Senhor. Os levitas tinham descido a arca do Senhor e a caixa com os objetos de ouro e colocado sobre a grande rocha. Naquele dia, o povo de Bete-Semes ofereceu holocaustos e sacrifícios ao Senhor” –I Samuel 13-15

Lederman, porém, adota postura cautelosa. Com todos os indícios, não há meios de comprovar que a pedra encontrada seja a rocha descrita na Bíblia Sagrada, já que a descoberta arqueológica, nesse caso, não é garantia de que o templo corresponde aos fatos narrados no Antigo Testamento.

Bunimovitz diz também que detalhes divergentes entre a descoberta e a narrativa bíblica exigem essa postura cautelosa, e cita como exemplo o fato de que a pedra descoberta estava em um campo abaixo da cidade, não em um templo em uma colina: “Não é fácil descompactar todas as reviravoltas da história que acabaram na Bíblia e descobrir o que as pessoas se lembram, o que era histórico e o que foi adicionado mais tarde”, disse o professor.

ANÚNCIO

Outros pesquisadores mantém a possibilidade como real, como o professor Avraham Faust, docente de arqueologia da Universidade de Bar-Ilan. Ele observa que houve uma tendência no passado de encaixar achados arqueológicos na narrativa bíblica, o que provocou uma tendência inversa, que descarta de imediato os vínculos bíblicos.

ANÚNCIO

“É uma suspeita automática e às vezes justificada, mas não acho que seja esse o caso aqui”, disse Faust. “Esta é uma pedra perceptível, colocada em uma posição visível dentro do que parece um templo. Então existem muitos pontos que podem conectar essa descoberta a uma antiga tradição que pode ter entrado na história bíblica. Não sei se eles estão certos ou errados, mas acho que deve ser examinado com cuidado”, concluiu.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: