Connect with us

MUNDO CRISTÃO

Radicais islâmicos do Boko Haram atacam vilarejo no Níger e deixam 71 mortos

Published

on

Radicais islâmicos do Boko Haram atacam vilarejo no Níger e deixam 71 mortos

ANÚNCIO

A violência desmedida dos radicais islâmicos ligados ao Bolo Haram voltou a ocupar manchetes ao redor do mundo após um ataque que deixou 71 mortos e 12 feridos. Os terroristas pregam a extinção de toda influência ocidental – incluindo o cristianismo – na Nigéria e países vizinhos, como o Níger.

ANÚNCIO

O ataque feito a um vilarejo no Níger, no dia 11 de dezembro, foi considerado um dos mais brutais contra forças nigerenses, já que as vítimas são soldados do Exército do país.

O Boko Haram se solidificou na região norte da Nigéria, e agora vem expandindo sua presença nas regiões de Tillabéri e Tahoua, que são fronteiriças aos países Mali e Burkina Faso. Por conta dessa expansão, 80 mil pessoas se viram abrigadas a abandonarem suas casas.

De acordo com informações da Missão Portas Abertas, o ataque ao vilarejo de Inates está sendo visto como um dos ápices da crise nas fronteiras da Nigéria. Recentemente, as autoridades do Mali informaram que as mortes de soldados de seu Exército em confrontos com o Boko Haram já chegam a 100.

ANÚNCIO

No leste e sul de Camarões, o Boko Haram matou 275 pessoas, sendo que 225 eram civis. “Alguns cidadãos foram mutilados e outros sequestrados. O grupo extremista tem aterrorizado a região do Sahel para implantar um islamismo radical, que torna proibido o relacionamento político ou social com o Ocidente. Os impedimentos incluem votar nas eleições, restrições de vestimentas e receber educação que não seja muçulmana”, resume um relatório da Portas Abertas.

ANÚNCIO

“Dentre as principais vítimas do grupo estão os cristãos. Algumas aldeias são invadidas, as casas incendiadas e a população é morta pela fé diferente dos extremistas islâmicos. A Portas Abertas trabalha para fornecer ajuda a todos os que foram vítimas da ação de grupos como o Boko Haram. Um dos projetos é o Centro de Aconselhamento pós-trauma, na Nigéria. Lá, os líderes cristãos recebem treinamento para aconselhar os cristãos traumatizados pela intolerância religiosa”, acrescenta o texto.

Por fim, a Missão Portas Abertas pede que os cristãos ao redor do mundo intercedam a Deus pela vida dos irmãos que formam a Igreja Perseguida, e em especial, pelas vítimas do mais recente ataque do Boko Haram, que segue preceitos defendidos pelo Estado Islâmico.

“Interceda pelos familiares dos 71 soldados que foram mortos durante um ataque no Níger. Peça que Deus conforte a todos e envolva cada um com amor e esperança; Ore pelos governantes da região do Sahel, para que eles tenham sabedoria e táticas para vencer os grupos extremistas, que têm dizimado as vilas em nome do radicalismo muçulmano; Clame pela vida dos membros do Boko Haram, para que a liderança deles tenha um verdadeiro encontro com Cristo e parem de destruir a vida das pessoas que vivem na região”, finalizou o relatório.

ANÚNCIO

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: