Connect with us

NOTICIAS

Restaurante cristão é proibido de funcionar em cidade dos EUA

Published

on

Restaurante cristão é proibido de funcionar em cidade dos EUA

A rede de fast-food Chick-Fil-A é uma empresa cujos proprietários são cristãos

Cinco cidadãos da cidade San Antonio, no estado do Texas, EUA, estão processando a cidade por sua controversa decisão de impedir o restaurante cristão Chick-fil-A de funcionar no aeroporto local, alegando que a proibição viola uma nova lei estadual.

O processo dos cidadãos e da Associação da Família de San Antonio foi aberto na semana passada e acusa a cidade de discriminação contra o Chick-fil-A pelas crenças cristãs de seus proprietários. Também pede ao tribunal que proíba a cidade de permitir que qualquer outro fornecedor, exceto o Chick-fil-A, abra no espaço determinado do aeroporto. 

O conselho da cidade de San Antonio votou em março para excluir o Chick-fil-A do aeroporto, em parte, devido às doações da empresa ao Exército da Salvação e à Irmandade dos Atletas Cristãos. Os membros do conselho alegaram que o restaurante tem um histórico de “discriminação anti-LGBT”.

O Chick-fil-A é o terceiro maior restaurante dos Estados Unidos em vendas. 

“De acordo com nosso conselho da cidade”, disse Michael Knuffke, um dos autores do processo, “os princípios cristãos fortemente defendidos significam que você não pode realizar negócios no aeroporto de nossa cidade. Talvez em breve eles decidam que aqueles que adotam valores tradicionais não devem ter permissão para realizar negócios em nossa cidade. Precisamos garantir que isso não aconteça.”

O processo cita uma nova lei estadual, comumente chamada de “Save Chick-fil-A”, que impede que uma entidade governamental tome “qualquer ação adversa contra qualquer pessoa baseada total ou parcialmente na participação, afiliação ou contribuição da pessoa , doação ou outro apoio fornecido a uma organização religiosa.” O governador do Texas, Greg Abbott, assinou a lei em junho. 

“A proibição da cidade é projetada para intimidar as empresas cristãs em conformidade com o mandato do governo”, disse outro autor do processo, Jason Khattar. “Mas acreditamos que as comunidades de fé sairão em grande parte para apoiar a liberdade religiosa”.

Os cidadãos criaram uma página do GoFundMe para arrecadar dinheiro para custas judiciais. 

Um porta-voz da cidade expressou confiança de que a cidade iria prevalecer. 

“Entre as muitas fraquezas no caso, eles estão tentando confiar em uma lei que não existia quando o Conselho votou no contrato de concessões de aeroportos”, disse Laura Mayes, diretora de comunicações da cidade de San Antonio,  ao jornal Texas Tribune. “Procuraremos uma resolução rápida do Tribunal”.

Folha Gospel com informações de Christian Headlines

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: