Connect with us

MUNDO CRISTÃO

Vídeo: “Ninguém dá mais conta de pagar água no Tocantins, isso é um absurdo”, dispara Vanda Monteiro

Published

on

Vídeo: “Ninguém dá mais conta de pagar água no Tocantins, isso é um absurdo”, dispara Vanda Monteiro

imagem13-09-2019-18-09-50

imagem13-09-2019-18-09-50

Deputada Vanda Monteiro (PSL)

A deputada Vanda Monteiro (PSL) propôs durante a sessão desta quinta, 12, que as concessionárias de água do Tocantins expliquem o sistema de cobrança de tarifas e também detalhes o fornecimento de água para os municípios.

De acordo com a parlamentar, o tocantinense esta castigado por pagar altas taxas, como por exemplo a de es gosto, que consome 80% dos custos. Vanda Monteiro citou que diversos municípios sofrem com falta de água e mesmo assim o consumidor é obrigado a pagar por um serviço que não é de qualidade.Diante da insatisfação, a parlamentar requereu que uma audiência pública seja realizada. 

“O cidadão não dá conta de ter água em casa. Será possível que teremos que furar povo e artesianos? Não é justo essa cobrança e vamos lutar para isso seja resolvido”, defendeu Vanda Monteiro. 

A parlamentar também afirmou que ninguém dá mais conta de pagar a água no Tocantins.

O convite será feito por meio de requerimento para que as concessionárias de água do Tocantins (ATS e BRK Ambiental), representantes municipais e deputados estaduais discutam o fornecimento de água no Estado e  a cobrança das tarifas praticadas atualmente.

VEJA TAMBÉM8 vereadores de Palmas tentarão cargos na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal

_“Vamos promover, em breve, esse encontro e assim debater e esclarecer questões importantes para os consumidores”_. 

O requerimento contará com a assinatura de outros deputados que também apoiam a iniciativa.

Deputados criticam BRK

Motivado por críticas ao atendimento da BRK Ambiental, o líder doGoverno na Assembleia Legislativa, deputado Gleydson Nato (PHS),comentou na manhã desta quinta-feira, 12, os serviços prestados pelaempresa, bem como a situação enfrentada pela Agência Tocantinense deSaneamento (ATS).

Vários parlamentares questionaram a falta de água, a cobrança de altastarifas e a falta de investimento nos municípios atendidos pelamultinacional, a exemplo da capital Palmas.

Para o líder do Governo, a BRK fica com o “filé mignon” dos serviços deabastecimento e saneamento, atendendo às 47 maiores cidades do Estado, ea ATS com 51 municípios de menor população. Segundo ele, a empresapromove “o sofrimento ao povo do Estado”, devido aos altos valorescobrados.

O deputado afirmou que a Agência de Saneamento recebeu da gestãoanterior uma dívida de R$ 3,8 milhões, e que 40% da arrecadação sedestinam ao pagamento do referido débito, estando sob auditoria orestante dos R$ 2,4 milhões já pagos. “Com vistas a aperfeiçoar oatendimento das regiões mais carentes de água no Estado, a ATS estámelhorando equipamentos e perfurando novos poços”.

VEJA TAMBÉMAmastha exonera indicações de Vanda Monteiro após votar favorável a emenda impositiva

Gleydson garantiu que o presidente da agência, Romis Alberto da Silva,está determinado a resolver o problema da água no Tocantins. “A BRK fazcobranças exorbitantes, sendo que um dos pontos mais absurdos é oproprietário ter de pagar os serviços dos técnicos da empresa quando háa necessidade de avaliar a tubulação para constatar vazamento”, observoua deputada Vanda Monteiro (PSL).

Os parlamentares Léo Barbosa (Solidariedade), Elenil da Penha (MDB) eDelegado Rérisson (DC) também pediram explicações. Por fim, foi sugeridaa realização de audiência pública.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2019 Noticia Gospel

%d blogueiros gostam disto: